segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

O quarto de empregada que toda menina gostaria de ter

Feliz da pessoa que teve a ideia de cortar o tempo em fatias. Esse sim foi um indivíduo genial porque criou a renovação da esperança. Qualquer ser humano fica esgotado ao final de doze meses, prestes a desistir de qualquer coisa. É aí que entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e mais 365 dias para acreditar que as coisas serão diferentes. Mas para ser diferente mesmo é preciso ter algo em mente e se mexer, ou tudo continuará igual, com a mesma cara sem graça.

Foi com esse sentimento de insatisfação que Suelen Ozorio decidiu recentemente transformar o quarto de empregada da casa onde mora com os pais. De saco cheio daquele cômodo sem vida, ela planejou e executou uma reforma muito charmosa. Vem ver!

Era um quarto de empregada que foi prolongado como parte da cozinha. Na verdade, por mais incrível que possa parecer, esse espaço aparentemente minúsculo era uma suíte de empregada. A mãe da Suelen tinha feito o quartinho para receber o pai (avô da Suelen), que na época estava doente e foi morar com elas. Infelizmente, o vovô se foi e o cômodo ficou lá, com aquela cara sem graça que tinha. Até a grande mudança.

Ela conta que a reforma durou dois anos até ficar tudo pronto. Mas claro que isso foi pela falta de tempo da menina. Você, com dedicação, pode concluir em um mês, quem sabe. A transformação começou pelo banheiro. Os azulejos eram muito antigos e o local, pequeno, ainda tinha corrimãos para o vovô acessar.


              

As ideias foram surgindo a partir de itens que a inspiraram. E um deles foi a árvore..."a raiz" do projeto do quarto. Gente! Eu confesso que estou apaixonada por essa árvore. Coisa mais linda que já vi. Esta foi comprada na cidade de Tiradentes (MG). Mas para a alegria das pessoas que não podem ir até lá, há uma loja que vende artigos neste estilo no Uptown, um centro comercial na Barra da Tijuca (RJ). Todo o colorido do quarto, que pode ser observado nos detalhes de móveis e bibelôs, surgiram a partir das flores desta árvore. Não é legal? E para não haver conflito, a Suelen preferiu manter a base do projeto branco. Ou correria o risco do quarto virar um circo.

                    
O que eu mais curti (depois dessa árvore) foi o papel de parede. Não curto muito papel, mas este achei super delicado. O mais maneiro é que ela optou estrategicamente por um papel vinílico, ou seja, ele pode ser "lavado" com pano úmido e tem durabilidade de 10 anos. Agora, se você não tiver habilidade para aplicar papel de parede, melhor não arriscar e lançar mão de tinta mesmo. 

Muitos móveis ela comprou novos, mas para economizar você pode optar por reformar o que já tem. Com uma boa lixada no móvel (seja de madeira ou de metal) para deixá-lo bem uniforme e algumas demãos de tinta dão outra cara àquela cadeira da madrinha ou uma cômoda velha que tem desde os seus 15 anos de idade. Enfim...Muita coisa pode ser reaproveitada. O quadro de fotos (ainda sem fotos) e o espelho foram recuperados pela Suelen, que também optou por pintar as molduras com color jet.





Agora sim o antigo quarto do vovô está apto para receber qualquer jovem de idade ou de espírito. Curtiu essa transformação do quarto de empregada feita pela Suelen? Então, que tal começar 2017 dando uma cara nova ao seu cantinho favorito? Como você pode ver, a riqueza dessa reforma está nos detalhes: cores e objetos simples, porém charmosos, como a garrafa de cerveja reaproveitada como vaso de flor, e nichos nas paredes para expor livros e revistas. 

Se joga também na transformação de algum cômodo ou móvel e conta pra gente! Mande sua história para acasaeminha.fodase@gmail.com com muitas fotos bacanas para mostrarmos aqui, inspirando outros leitores e leitoras. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário