segunda-feira, 13 de junho de 2016

Pet Festa

Toda virginiana é boa para organizar coisas, certo? Claro que não. Eu sou ótima para dar um jeito nas gavetas, arrumar armários e estantes, mas não me peça nunca para preparar um evento. O problema é que dessa vez somente eu podia organizar a parada, pois tratava-se da festa de aniversário da minha filha de quatro patas. Festa para cachorro? É. A pimpolha completa hoje 17 anos, então vocês vão concordar que ela merecia ter, pelo menos, uma festinha na vida né?!

Decidi isso assim, da noite para o dia, e convidei algumas pessoas que não me achariam tão retardada por fazer festa para uma cachorra. Mas como virginiana com ascendente em sagitário (lembram que não sou boa para eventos), deixei tuuuudo para a última hora. Mas oh! Ficou lindo. Deu tudo certo e, exatamente por isso, estou aqui para contar como fiz, para que vocês possam aprender com os meus perrengues. =)

Então, a bonita aqui até que tentou ser organizada e preparou uma listinha de convidados, outra de pessoas confirmadas e petiscos que ia oferecer. Feito isso, foi ao mercado e comprou tudo para as comidinhas. Mesmo com esse pingo de organização, quase surtei no dia (a festa foi ontem) e se não fosse minha mãe chegar para me ajudar não teria conseguido. Mais pessoas confirmaram presença no dia e...Amigo, traz mais uma garrafa de refrigerante, por favor? E se encontrar, compra vela também. =D Isso porque eu quis sair no sábado e deixei a zona da casa para ser arrumada no próprio domingo. Mas eu também quis dormir até as 10h...Ferrou! Lava a varanda. Nina, não pisa aí! 100nhor! O pano de chão caiu no quintal da vizinha. Layla, vai comer sua comida! Caramba! Já são duas da tarde e eu ainda não fiz o bolo. Surtei, fato. 

Mas depois de respirar fundo (e ver a casa limpa, a decoração pronta e os sobrinhos enchendo as bolas), consegui focar no bolo. Optei pelo de cenoura com cobertura de chocolate por ser rápido e minhas filhotas amarem (sem a cobertura de chocolate, antes que me crucifiquem, claro). Preparei uma bandeja de frios com peito de peru, queijos, torradinhas com queijo e pimentinha, mini milho e palitos de cenoura com pastinha. Coloquei algumas balas açucaradas em um pote de cupcake para fazer a alegria das crianças e em uma xícara de chá (do enxoval da minha avó) arrumei algumas cerejas. O cachorro quente (de salsicha de frango) ficou por conta da minha mãe. Para a decor da mesa, um mural com fotos da aniversariante, bolas de gás, uma garrafa com flores de pano e imãs e bibelôs de São Francisco de Assis (o padroeiro dos animais). 

Inicialmente, seriam apenas quatro amigos, minha mãe, meus dois sobrinhos e uma convidada pet, a Ana Júlia. Mas meu irmão apareceu com a namorada, a mãe de uma amiga também e minha tia foi com o marido, a enteada e minha tia-avó. Gente, foi muito lindo! Muita correria para deixar a casa pronta para receber os convidados, mas no final deu tudo certo. Minhas filhotas se divertiram com a pet-amiga. As crianças usaram meu Pole como carrossel e trepa-trepa. Os adultos se entretiveram cada um à sua maneira. E olha que legal: no meio da festa descobri até uma recreadora de cães (tks, Aline).

Curti tanto que em janeiro farei a festa da Nina. E agora que já tenho "experiência" em eventos para cachorros, a dela será ainda mais linda. 









Nenhum comentário:

Postar um comentário