sábado, 18 de abril de 2015

Planejando as férias

Tenho 30 anos e nunca planejei férias na vida. OMG! Por onde começar? Parece uma coisa simples, mas pra mim não, definitivamente não. 

Quando eu era criança meus pais resolviam para onde íamos. Quando comecei a trabalhar (e podia viajar sozinha) estava namorando, então deixava nas mãos dele resolver o destino, incluindo pousada, passeios, transporte e, principalmente, pensar em quanta grana seria preciso pra isso. 

Agora que estou solteira de novo me vi sozinha pra tomar todas as decisões, antes cuidadas pelo ex. Bateu desespero. A dependência era tanta que eu não sabia nem escolher os dias das minhas próprias férias (o ex me ajudou). Resolvido isso, tudo certo. SQN. Eu queria passar os 11 dias do meu merecido descanso no Chile. Não vou passar nem meio. Isso porque deixei tudo para o último minuto do segundo tempo. E quando digo tudo é tudo mesmo. Não tinha visto hotel, passeios, câmbio, passagens, nada. Como ir pra outro país sem ter noção do que fazer lá e, principalmente, de quanto dinheiro ia precisar? Confesso que senti tanta, mas tanta falta dele nessa hora. Mas também senti uma mulher nascendo em mim naquele momento. Era eu e somente eu pra resolver a minha vida. 

Chegamos a pensar em ir ao Nordeste. Não, você não leu errado. Íamos (eu e o ex) juntos numa viagem de férias para as terras mais calorosas do país. Desistimos. Mesmo assim, ele queria me ceder as milhas para comprar as passagens. Resolvi não aceitar. Era o meu momento de crescer, de provar pra mim que era capaz de resolver tudo sozinha. E resolvi! 

Não vai ter Chile, mas vai ter Brasília (visitar as amigas que lá deixei ao voltar pra minha cidade e que eu estou MORRENDO de saudade) e de Brasília para Cabo Frio/Arraial do Cabo. Ok. Região dos lagos é bem menos glamourosa, mas é o que eu pude ter nas minhas primeiras férias sozinha. E olha! Estou muito feliz por ter conseguido planejar, pelo menos, alguns dias de diversão e descanso fora de casa. 

O Nordeste (ou o Chile) vai ficar pras férias de janeiro do ano que vem. Melhor eu começar a planejá-las agora ou passarei, mais uma vez, na Região dos lagos do Rio de Janeiro mesmo.

Você não vai querer cometer o mesmo erro que eu, certo? Então, pega as dicas aqui e coloca em prática NOW!

  • Escolha a cidade onde quer passar suas férias e só depois pense nos dias. Isso porque você não vai querer ir pra Fortaleza na época mais chuvosa do ano. Cidade de praia só vale a pena com muito sol.
  • A empresa deu o Ok no período que você escolheu? Hora de ver as passagens. Comprar com bastante  antecedência ajuda a economizar muito.
  • Trace um roteiro pra não chegar na cidade e ficar perdido. Joga no Google mesmo e, com certeza, você vai achar várias dicas bacanas do que visitar e fazer na cidade. Pense em passeios para o dia e para a noite também, claro. Se puder, pegue dicas com amigos que já foram.
  • Com o roteiro traçado, já dá pra escolher o hotel e fazer a reserva. Acredito que ele tenha que ser o último nessa escolha, porque é sempre bom ter em mente os lugares que se deseja visitar. Quanto mais perto o hotel for desses lugares, melhor. 
  • Agora, se você não quiser ter um pingo de trabalho, pode procurar uma agência de viagens e fechar um pacote. Diversão não vai faltar. 


Do Chile para Brasília. -- Créditos: Flickr Capiotti / Eu mesma. =)



Nenhum comentário:

Postar um comentário