sábado, 7 de fevereiro de 2015

Organizando a mudança

Acho que chegou a hora de falar sobre mudança. Não. Não é mudança interior; é de casa mesmo. Quando eu decidi me mudar, achei que conseguiria fazer isso num carro de passeio, então não contratei um caminhão de frete. De fato consegui, mas foram muitas viagens, muitos amigos ajudando, dias e mais dias de mudança e... um perrengue que parecia não ter fim.

Pra começar, nunca, jamais subestime a quantidade de coisas que você tem. É o primeiro passo pra ter a real dimensão da sua mudança. É sério! Eu achava que tinha pouca coisa, porque tudo cabia dentro do meu quarto. De móvel eu só tinha uma escrivaninha, uma bicama (logo, dois colchões) e uma TV. Caberia tudo num carro? Óbvio que não. Mas eu pensei: com duas viagens resolvo isso. Sabe de nada, inocente!

A primeira leva foi no carro do meu irmão. A segunda, no carro do meu ex-namorado. A terceira numa Belinda da amiga da minha mãe. A quarta entupiu a Uno da minha amiga, com o pai dela dirigindo, enquanto nós disputávamos qualquer centímetro de espaço no banco da frente. Confesso que a bicama e os colchões eu não sei em qual carro foram, mas, provavelmente, foram no carro do meu ex-namorado ou do meu irmão. 

Tudo dentro da casa nova. Uhuul! Por onde começar? >< Por eu não ter organizado as caixas, deu muito trabalho. Além das coisas estarem misturadas, eu não etiquetei nada, então precisava abrir caixa por caixa pra descobrir o que tinha dentro. Gente, por eu ser muito determinada, organizei a mudança em dois dias. Mas como eu disse, se tivesse sido mais organizada (e realista) tudo teria sido mais fácil. Então, lá vão algumas dicas pra vocês não cometerem o mesmo erro que euzinha aqui.

Como disse, nunca subestime a quantidade de coisas que tem. Interiorizado isso, vamos empacotar! 

1º Consiga o máximo de caixas de papelão que puder e compre fita crepe pra vedar.

2º Separe os itens por categorias. Não faça igual a mim que misturou tudo e depois ficou louca tentando arrumar a casa nova, no meio de tanta tralha desconexa:

Como separar os itens? 

1- Numa caixa, coloque itens de cozinha: panelas, pratos, talheres, escorredor de louça, garrafas, copos, xícaras, canecas etc. O que for de vidro ou louça, enrole antes em jornal ou plástico bolha pra não quebrar. Os talheres e miudezas do tipo, é legal colocar em potes ou sacos plásticos. Assim, eles não ficam perdidos no meio de itens maiores.

2- Em outra caixa coloque itens de banheiro: saboneteira, espelho, potes de algodão, cotonetes, farmácia etc.

3- Sugiro colocar numa caixa somente material de escritório: papéis, pastas, canetas, grampos, livros, agendas etc. Ainda que uma parte fique na sala e outra no quarto.

4- Quanto às roupas, prefira colocar em malas, para evitar que fiquem sujas nas caixas de papelão. Dobre-as (não jogue-as ou vai se arrepender quando desempacotar e perceber que não tem uma roupa passada) e separe as peças por categorias também: roupa de cama, roupa de banho, panos de cozinha, camisas, casacos, calças. Pode parecer besteira, mas oh! Facilita muuuuito na hora de desfazer as malas e começar a guardar nos armários.

5- Pronto! Tudo separadinho é hora de etiquetar as caixas e as malas pra você não se perder. Mas não escreva apenas "Roupas" ou "Cozinha". Escreva "camisas sociais" ou "panelas" ou "pratos". Outra coisa importante: quando chegar na casa nova, vá colocando as caixas nos cômodos certos. Dessa forma, não terá que ficar arrastando tudo sozinha depois, no meio da noite, além de não ter a "visão do inferno" ao perceber que tudo está entulhado na sala.

Ah! Antes da mudança, faça aquela faxina. Afinal, limpar uma casa sem móveis é muito mais fácil (e rápido). E não se esqueça de contratar um frete para o grande dia. Ainda que você tenha muitos amigos como eu, é desgastante demais fazer várias viagens. O melhor é colocar tudo dentro de um caminhão (ou kombi) e descarregar de uma vez só. Pesquisando na internet, você encontra várias ofertas. Basta deixar a vergonha de lado e negociar com alguns motoristas. Se precisar que ele forneça ajudante será mais caro. Então, chame a galera que engorda sua lista de amigos do Face e depois ofereça uma rodada de cachorro quente com refri pra turma ficar feliz.

Bateu desespero quando vi me vi sozinha nessa cena



Nenhum comentário:

Postar um comentário