segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Decoração + grana curta = criatividade

Assim que eu comecei esse blog disse que contaria qual foi o meu primeiro móvel e como decorar a casa sem gastar muito. Pois bem, aqui vai o primeiro texto sobre isso, no estilo faça você mesmo. 

Meu primeiro móvel foi um caixote de feira. Exatamente. Na época, eu e meu (ex)namorado estávamos aguardando o apê ser entregue para nos casarmos. Mas tinha um porém: faltava grana pra decorar o cafofo. Foi então que começamos a pensar em métodos alternativos. Um belo dia, cheguei no fim da feira e pedi a um carinha dois caixotes (porque só tenho duas mãos). Ele não me deu os melhores, mas eu aceitei de bom grado. Guardei pensando em criar mesinhas de cabeceira. 

Meses depois, já sem o namorado (e aquele apê), comprei quatro caixotes por R$ 6 cada. Resolvi comprar porque era mais fácil do que ir à feira no fim do dia implorar por um caixote (velho). Os que comprei não eram novos, mas em melhores condições. Os que ganhei mais os que comprei somavam seis caixotes. O que fazer com tudo isso? Várias ideias surgiram, mas a preguiça me impedia de soltar a criatividade. Até que... fiz uma mesinha multifuncional. Ela serve tanto pra dar um charme à sala, quanto para apoiar copos e pratos quando eu receber amigos pra uma farrinha aqui em casa, pois não tenho mesa de jantar (ainda).

Bom, vamos ao passo a passo.

Toda madeira precisa ser lixada pra  ficar uniforme. Então, compre uma lixadeira (pra facilitar a sua vida. Acredite! Será mais rápido e menos cansativo. Vale o investimento). Não se esqueça de comprar lixas também, claro, ou a lixadeira não terá utilidade. Nesse caixote, eu não trabalhei com a lixadeira. Foi na munheca mesmo, então eu tive mais trabalho. Passei três numerações de lixa até ficar bem lisinha. Ah! E eu comprei lixa pra ferro. Confesso que teria comprado pra madeira, mas um especialista me recomendou pra ferro, e eu decidi aceitar o seu conselho.  

Se a madeira apresentar vestígio de cupim, aplique um produto específico pra isso depois de lixar. Em supermercado tem várias marcas nas gôndolas onde ficam também inseticidas. Mas cuidado! É um produto forte e perigoso. O melhor é aplicar em local aberto, longe de animais e utilizando luvas e máscara. 

Depois disso, bora pintar! Eu escolhi um vermelho vivo, pois gosto de cores vibrantes e queria colocar ao lado do rack amarelo. Passei três demãos. Pra cada demão espere algumas horas. Geralmente, na lata da tinta diz o tempo entre uma e outra. Eu esperei 4 horas. 

Você pode usar tinta em spray. Eu optei por tinta normal com um pincel. Como moro em apartamento, não tenho quintal, faz menos sujeira usar o pincel do que o spray (além de render mais).

Depois de secar bem, coloque quatro rodinhas em cada canto do caixote. O rodízio, além de dar uma levantada no caixote e facilitar o seu deslocamento, dá um charme ao móvel. Como podem ver, eu ainda não coloquei as rodinhas, mas foi falta de tempo mesmo pra ir à loja comprar. 

É isso, galerinha! Existem milhares de ideias pra reaproveitar caixote de feira. Pode ser feito banco acolchoado, criado mudo, nichos pra pendurar nas paredes, rack, aparador... É só soltar a imaginação. O investimento é mínimo e a sua casa fica com a sua cara. Tem coisa melhor do que isso?


2 comentários:

  1. Lindo amiga! Em breve a minha casa tbm sera quase toda DIY! Te amo!

    ResponderExcluir
  2. Só falta colocar as rodinhas, mas ficou muito legal. Legal mesmo foi ir com ela na porta de uma mini comunidade comprar um aparador (detalhe, o dono estava bêbedo feito um gambá), Agora só falta ela mandar ver e fazer daquele velho aparador, um BIG aparador. bj

    ResponderExcluir